Google+

«

»

Vida sentimental: O tempo certo de Deus

História de relacionamento cristão

Fui criada na igreja e na fase da adolescência me preocupava muito com a minha vida sentimental e com o tempo certo de Deus para o namoro, tinha aquela ansiedade no coração de encontrar a pessoa certa para namorar, que fosse um rapaz cristão e que andasse no centro da vontade de Deus. Tinha o desejo de viver um relacionamento verdadeiramente cristão. Tive as minhas “paixonites agudas”, mas ainda nenhum compromisso.

Neste tempo conheci um rapaz que demonstrava interesse por mim e eu por ele, mas eu tinha apenas 13 anos e ele 17, congregamos um bom tempo no mesmo ministério e ficamos amigos, conversávamos de vez em quando, mas nunca falamos em namoro, apenas nos sentíamos atraídos um pelo outro.

Depois de um tempo ele foi para outro ministério e nos víamos muito raramente quando nos encontrávamos em algum evento evangélico e aquele “clima de interesse mútuo” sempre esteve presente.

Os anos se passaram e um dia nos encontramos por acaso em uma praça da cidade, eu já com 22 anos e ele com 26. Agora, mais maduros na fé e na vida, passamos a conversar mais, a nos ver com maior frequência e começamos a namorar.

Tivemos muitas lutas e dificuldades até chegarmos ao casamento, mas hoje, casados há 3 anos, entendemos que Deus tem o tempo certo para tudo. Quando nos conhecemos éramos jovens demais e talvez se tivéssemos namorado naquela época, poderíamos ter nos precipitado ou, devido a imaturidade, não chegado ao casamento que era o propósito de Deus para as nossas vidas.

 “Para tudo há uma ocasião certa, há um tempo certo para cada propósito debaixo do céu”. Eclesiastes 3:1.

 

 

Autora:

Paula Souza é diaconisa na Igreja Apostólica Renascer em Cristo e casada com Tony Castro, levita e diácono no mesmo ministério.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>