Google+

«

»

Recém-casados: Me casei, e agora?

recém-casados

Me casei, E agora ? No começo do casamento os recém-casados criam muitas expectativas a respeito do outro e tem muitas dúvidas:

Será que vou conseguir ser uma boa esposa? Será que vou conseguir ser um bom marido e cumprir com minhas obrigações? Será que ele vai gostar de como eu organizei as suas coisas? Será que vamos conseguir resolver os diferentes costumes e ensinamentos que ambos tivemos?

Esses e muitos outros “serás” invadem as nossas mentes no início do casamento. Esta fase de recém-casados é muito boa, mas também exige muita paciência para equilibrar as diferenças, e o desafio é : aceitar e compreender para adaptar-se a nova vida.

Muitas vezes nos prendemos aos sonhos e a idealização do que seria o casamento, mesmo o casamento cristão, e nos esquecemos que nós é que devemos construí-lo dia a dia. Aceitar o outro do jeito que ele é, pois a criação dele (a) foi diferente da sua e é preciso compreender que manias não se mudam do dia pra noite e que algumas nunca mudarão!

Sonhamos com a princesa ou o príncipe encantado, alguém que praticamente não vai ter defeitos e que seja a nossa versão e idealização do sexo oposto, ou seja, muitas vezes queremos uma pessoa idêntica a nós, mas casamento significa compartilhar  sua vida com alguém, sem querer que esse alguém haja ou pense exatamente como você, é dividir seus sonhos, tolerar algumas coisas e perdoar outras, pois as diferenças, se forem bem administradas, trarão equilíbrio ao casamento.

Estão recém-casados?

Procurem tomar decisões juntos logo no início do casamento, quando ainda são recém-casados para que levem esse hábito por toda a vida. Conciliem a agenda dos dois, porque a correria do dia a dia pode privar vocês de passarem algumas horas de lazer juntos e isso é muito importante para o casal se conhecer melhor. Procure saber como foi o dia dele (a) e dependendo da resposta você já saberá que tipo de conversa poderá ter para que não haja um stress desnecessário.Tanto você quanto ele, precisarão de espaço, ou seja, jogar uma bolinha com os amigos de vez em quando e sair com as amigas, fará bem aos dois. Desde que isso seja conversado antes e não se torne motivo de ciúme e briga entre os recém-casados, pois a prioridade é o casamento.

Evite mal estar com a família dele (a), isso só vai deixa-lo (a) triste. Procurem tratar as feridas emocionais que puderam ser causadas por relacionamentos anteriores para que isso também não seja um problema entre vocês, corte o mal pela raiz logo no início do casamento, pois estas podem ser transferidas para o seu casamento e vocês podem não perceber que estão fazendo isso, não dê brechas para crises em seu casamento.

Às vezes criamos a ilusão de que porque nos casamos com um marido cristão, temos um casamento cristão onde Deus é a base, estaremos isentos de viver problemas, mas isso não vai nos impedir de viver algum conflito de relacionamento, mas ter o nosso relacionamento com Deus refletido no nosso casamento nos deixará  fortalecidos e resistentes para viver os dias maus e superá-los para desfrutar dos dias bons e da plenitude que Deus reservou para o casamento, portanto tenha isso como prioridade no casamento cristão, desde o início como recém casados:

Faça do Senhor a base do seu casamento em todos os momentos, pois quando a fase de encantamento de recém-casados passar, outros momentos bons e ruins virão, por isso busquem ter todos os dias um tempo de oração juntos, em amor, até mesmo para resolver todos aquelas dúvidas e questionamentos do início do casamento e tenha a certeza de que nos momentos mais difíceis, Ele com certeza vai dar a direção e mostrará a melhor decisão a ser tomada.

Por isso vis digo que tudo quanto em oração pedirdes, crede que recebestes e será assim convosco. E quando estiverdes orando, se tendes alguma coisa contra alguém, perdoai, para que vosso Pai celestial vos perdoe as vossas ofensas. Marcos 11:24-25

 

Sobre a autora:
Patrícia Ferreira é evangélica, levita e evangelista na casa do Senhor. É uma das idealizadoras do site o Relacionamento Cristão que tem o intuito de compartilhar a bíblia e testemunhos de cristãos de diversos ministérios.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>