Google+

«

»

Infidelidade no casamento cristão

infidelidade no casamento cristãoPorque a infidelidade no casamento cristão também acontece? Quais brechas foram deixadas abertas? O divórcio e a solução?

Você sabia que a primeira instituição criada por Deus foi o casamento? E por ser algo formado por Ele se torna alvo constante do inimigo, que vive articulando maneiras  para sua destruição?
Lá no jardim do Éden,  Deus viu que não era bom que o homem ficasse só e lhe fez uma adjutora chamada, Eva.

Então o Senhor Deus declarou:

 

” Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e lhe corresponda”. Gn. 02.18

 

Neste momento nasceu o primeiro casamento, já com um adversário incansável e que vive até hoje tentando de tudo  para destruí-lo. Mas quero lembrar  que nem tudo é “coisa do diabo”,e que muitas vezes, nós mesmos abrimos brechas.

E porque a infidelidade também acontece no casamento cristão? Quais brechas foram deixadas abertas ?
A insegurança, insatisfação, falta de diálogo, carência, impaciência, indiferença,  essas e muitas outras podem ser brechas em seu casamento que podem levar a uma infidelidade de uma ou de ambas as partes.

Por exemplo: uma pessoa insegura não tem confiança nos outros nem tampouco em si mesmo, está sempre desconfiando do seu cônjuge e nesse caso passar segurança para ele (a) é fundamental. Uma pessoa carente fica vulnerável a investida de outras pessoas, por isso a importância do diálogo entre você e seu cônjuge, assim vocês podem expor suas necessidades e supri-las.

Muitas vezes pensamos que por sermos cristãos, estamos imunes a traição e a outros problemas conjugais e é aí que erramos, porque acabamos nos descuidando do nosso casamento e brechas acabam sendo abertas sem que percebamos.

Uma coisa muito comum de se ver são casais cristãos colocando seu ministério acima do seu casamento pensando estar fazendo a coisa certa acreditando que estamos colocando Deus em primeiro lugar , mas  se depois que nos casamos somos uma só carne e a mulher é uma adjutora em seu papel no casamento, seria certo você sacrificar seu casamento pelo seu ministério?

Teria Deus prazer em ver um casal em constantes brigas por conta de um ministério? A vontade de Deus é que os dois trabalhem juntos, um completando o outro e não passando por cima um do outro.

E é por isso que o centro do casamento cristão precisa ser Cristo, na realidade o nosso casamento precisa ter três pessoas: Cristo , você e seu cônjuge.

É muito importante que haja diálogos entre vocês e sempre que algum problema aparecer, esse, precisa ser resolvido o quanto antes, nada de adiar, deixar pra depois, porque problema adiado é problema aumentado, então, melhor é que vocês exponham o problema e tentem resolver da melhor forma possível.

E o divórcio é a solução? Você pode até dizer: Se meu cônjuge me trair, não tem perdão!

Mas não foi assim que Deus agiu diante da infidelidade do seu povo Israel, antes o atraiu com amor:

 

“…o Senhor lhe apareceu no passado, dizendo: “ Eu a  amei com amor eterno;com amor leal a atrai.” Jr. 31.03

É importante termos a consciência que no caso de um adultério a culpa pode ser de ambos mesmo que a parcela daquele que foi traído seja menor, porque as vezes você não deu a atenção necessária para seu cônjuge , ou talvez não prestou a devida atenção quando ele (a) te deu sinais de que não estava tudo bem.

O divórcio pode não ser a solução, mesmo porque se não houver uma mudança de atitudes você pode cometer os mesmos erros em um novo relacionamento, se você acredita que seu casamento vale a pena ser salvo, lute por ele.

Respeite os limites do seu cônjuge, talvez o que pra você não tem nada de mais, pode gerar em seu cônjuge um desconforto e uma insegurança ou até uma discussão desnecessária. Se você sabe que certas atitudes suas podem causar algum tipo de atrito entre vocês, o melhor a se fazer é evitá-las para não gerar problemas maiores.

Doação também faz parte do casamento, então abrir mão de um hábito ou de uma amizade , vai fazer com que seu  cônjuge saiba que ele (a) é prioridade pra você.

 

Sobre a autora:
patrícia ferreiraPatrícia Ferreira é evangélica, levita e evangelista na casa do Senhor. É uma das idealizadoras do site o Relacionamento Cristão que tem o intuito de compartilhar a bíblia e testemunhos de cristãos de diversos ministérios.

 

2 comentários

  1. mychellyne

    amei esta mensagem, pois estou passando por um processo igual, meu esposo me traiu e esta muito difícil superar isto, optei por não separar, pq eu o amo demais, e ele é um homem de Deus. temos 20 anos de casados, e sei que tb tenho minhas parcelas de culpa, pois não estava dando a atenção que deveria dar. em fim tô tentando superar isso, mas, parece que esta dor não vai passar, fico imaginando tudo e isso me doí muito.ele passou mai de um ano me traindo com outra mulher, quando descobrir ele falou tudo, confessou tudo pois estava certo que nosso casamento tinha finalmente chegado ao fim, pois eu sempre falei que não perdoaria, mas na hora que colocamos tudo em pratos limpos Deus colocou o perdão no meu coração, as vezes fico com duvidas, será que realmente o perdoei? pq eu penso tanto sobre o que aconteceu? gostaria de receber mais mensagens.
    DEUS abençoe vcs.
    obs: não contei para ninguém sobre isso, só poucas pessoas da minha família sabe,e meus filhos ( kaio de 16 anos e Amellyne de 20 anos)

    1. Paula Caruza

      Muitas vezes,mesmo quando perdoamos é difícil superar a dor, mas coloque seus sentimentos nas mãos de Deus e Ele trará a cura completa. Creia, seu casamento será restaurado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>