Google+

«

»

Infidelidade: Como evitar?

 

Traição

Infidelidade: Como evitar?

Você já deve ter ouvido essa frase: “o amor  é como uma plantinha precisa ser regado todo dia”. E isso é a mais pura verdade, principalmente no casamento, e devido a correria do dia a dia muitas vezes esquecemos de fazer isso. Quando solteiros não temos que nos preocupar com as necessidades que um casamento exige como, por exemplo, compartilhar, e é preciso se adaptar nessa nova vida para que brechas não venham a ser abertas. Brechas estas que podem abrir caminhos e oportunidades para que a infidelidade aconteça no casamento, até mesmo no casamento cristão.

Algumas condutas podem evitar a infidelidade no casamento e o casal precisa estar disposto a tomá-las Um casal necessita compartilhar as alegrias, os objetivos, as conquistas, os sonhos, as dificuldades, o tempo. Esse último mais ainda, o casal precisa ter o seu tempo, onde ambos vão se conhecer melhor e aumentar a intimidade e a amizade entre eles. A falta de diálogo, de fazer o cônjuge além de esposo (a)  um amigo (a),  tem levado pessoas a desabafar assuntos que seriam responsabilidade do casal resolver a outras pessoas e muitas vezes totalmente despreparadas para tal coisa. Ter o discernimento nessa e em tantas outras situações nos ajudam a evitar atitudes que podem abrir as portas para a infidelidade no casamento.

Infelizmente, essa é um questão que muitas vezes acontece sem nos darmos conta, quando percebemos o estrago já foi feito e no furor das emoções não percebemos o que pode ter levado o casal a chegar a tal ponto.

Para evitar que a situação chegue a um extremo é preciso ter atitudes diárias de cuidado, atenção e muita comunicação entre ambos, mas se perceber que algum problema os está levando para um caminho tortuoso, previna-se e preste atenção a alguns cuidados necessário para evitar um estrago maior:

-Antes de procurar aconselhamento procure resolver o problema com seu cônjuge, dê atenção, aprenda a ouvir seu cônjuge, mas se não houver solução procurem juntos seus líderes espirituais para um aconselhamento;

-Evite expor sua relação, falar dos problemas do casal a qualquer pessoa e em qualquer lugar, principalmente para pessoas que não tenham uma vida regrada por Deus e não possuem base bíblica para te aconselhar, isso desgasta a relação e pode expor seu cônjuge a uma situação desagradável e dar lugar à mágoa ou a ira;

-Não use seu momento de intimidade conjugal como moeda de troca. Por exemplo, é comum um casal cristão discutir durante o dia por algo que a esposa queira comprar e o esposo diz que por enquanto não dá e aí, a noite, quando ele vai procurá-la ela olha pra ele e diz : “por enquanto não dá ‘ . Você não me deu o que eu queria agora é a minha vez ! Tomando uma atitude por pura pirraça, enquanto deveriam conversar sobre o assunto e chegar juntos a uma solução .Lembre-se que seu corpo não é seu:

A mulher não tem autoridade sobre o seu próprio corpo, mas sim o marido.Da mesma forma, o marido não tem autoridade sobre o seu próprio corpo, mas sim a mulher  ( I Co. 07.04 ) .

-Mamãe e papai não devem opinar na vida do casal, porque a palavra de Deus é bem clara em relação a isso :

Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne. Gn. 02.24

i_love_you

 

-Elemento surpresa: isso ajuda muito o relacionamento do casal. Faça uma surpresa para ele (a) fora de datas especiais, algo que você sabe que ele (a) gosta. Ex.: recadinhos carinhosos em lugares que você sabe que ele(a) vai ver , uma mensagem, use a sua criatividade a favor do seu casamento.

Enfim, quando o amor, o relacionamento do casal anda em conformidade com a vontade de Deus, tudo fica mais fácil. Não existe uma fórmula mágica que nos diga como evitar a infidelidade ou qualquer outro tipo de problema que um casal possa viver em seu casamento, mas nós, enquanto cristãos temos um Deus que nos orienta e dá diretrizes em todas as áreas da nossa vida para que saibamos viver um casamento por completo, cheio da alegria e felicidade de acordo com o plano que Ele reservou para o casamento cristão.

Sobre a autora:

Patrícia Ferreira é evangélica, levita e evangelista na casa do Senhor. É uma das idealizadoras do site o Relacionamento Cristão que tem o intuito de compartilhar a bíblia e testemunhos de cristãos de diversos ministérios.

 

3 comentários

1 menção

  1. Edilene Aparecida Guimrães Barbosa de Jesus

    Eu sirvo a Deus a 15 anos e meu esposo não. Hoje a gente vive em crise pq ele ja aprontou muito,ja me traiu de mais e hoje eu não consigo confiar nele mais. preciso de ajuda

    1. Publique seu testemunho evangélico aqui

      Oi Edilene, se você deseja a restauração do seu casamento jamais desista de orar pela transformação do seu marido, pois aquilo que nós não podemos mudar, Deus pode. Nós também estaremos orando por você. Leia o nosso post: http://www.orelacionamentocristao.com.br/jugo-desigual-casamento-com-um-nao-cristao/

  2. Cleonice Cerqueira Maia Araujo

    Eramos um casal bastante unidos, tudo que faziamos era em concordância, derepente meu esposo começou a mentir e se envolver com mulheres da pior classe, envolvida com macumba e cliente dele, depois há três anos vem se envolvendo com mulheres de amigo, complertamente desorientado, não fui sabia antes tinha rises de ciúmes o tempo inteiro.
    Hoje tem 19 dias que mandei ele embora, estou orando ao Sr. para que ele venha se transformar, há um ano estamos indo para a igreja, mais ele continua tendo o mesmo comportamento.Peço ajuda a vocês a todo momento diz que me ama e verdadeiramente não queria separar, mais também não demonstra está buscando a Deus verdadeiramente para se libertar do espirito de prostituição.

  1. As bases do casamento cristão - O Relacionamento Cristão

    […] que é a base de todos os relacionamentos. A fidelidade é indispensável ao casamento, a infidelidade tem efeitos graves no relacionamento, tanto emocionais quanto espirituais e sociais. A relação […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>