Google+

«

»

Dicas para o marido cristão

É bem sabido que o marido acha complicado entender o que se passa na cabeça de sua esposa (aliás, os homens em geral em relação às mulheres), para ele as coisas muitas vezes são tão simples e ele realmente não entende porque a mulher complica tanto. A maior parte das mulheres é muito mais movida pela emoção do que pela razão, ao contrário dos homens e este único motivo é gerador de uma série de conflitos entre casais, sejam estes cristãos ou não. Agora, se você marido cristão, deseja estar em harmonia com sua esposa, desista de achar que ela agirá igual a você, afinal, o que os uniu não foram exatamente as diferenças? Se vocês fossem iguais, que graça teria?

A mulher tem as suas peculiaridades e o homem também e é isso que torna a relação entre marido e mulher tão especial. Cabe a cada um de nós aprender a lidar com as diferenças e usufruir daquilo que cada um tem a oferecer de melhor para o relacionamento. Pare um pouco de raciocinar como você mesmo agiria e tente entender como a sua esposa pensa, ela é um ser diferente, com emoções e desejos diferentes e por isso não tirará as mesmas conclusões que você da mesma situação. Está difícil de entender?
Então leia as dicas para o marido cristão que inserimos aqui e procure exercê-las em seu casamento, tenha certeza que com o tempo ficará bem mais fácil compreendê-la, e surpreenda-se com os efeitos positivos que essas atitudes terão em seu casamento.

dicas para o marido cristão

Dicas para o marido cristão:

1.) Toda mulher deseja sentir-se especial, compará-la a qualquer outra pessoa ou dizer  “eu sou assim com todo mundo” quando ela reclama de algo que você fez ou falou é o mesmo que dizer “você e qualquer outra pessoa tem o mesmo valor para mim” e aí ela pensa: “se eu e qualquer um somos iguais, porque ele se casou comigo?” E aí já viu né? o conflito está estabelecido. O que a sua esposa deseja é ser a única mulher da sua vida e no lugar de ser, leia-se “Sentir-se”, ou seja, não adianta ser, se você não a fizer se sentir assim, faça com que ela se sinta suficiente para você.

2.) Você sabe qual é a diferença entre ouvir e escutar? Ouvir é perceber os sons pelo sentido do ouvido e escutar é tornar-se atento para ouvir, então não apenas ouça, mas escute a sua esposa, quando ela estiver falando, preste atenção sinceramente.

3.) Sua esposa gosta de saber que é amada e precisa ouvir isso de você de vez em quando, mas não exagere, dizer isso milhares de vezes ao dia também enjoa. Tenha moderação.

4.) Jamais trate sua esposa como um objeto sexual, a mulher não tem um botãozinho de liga e desliga para o sexo, ela precisa de preparação e cuidado, atente-se para as necessidades dela.

5.) Não concorde com ela somente para encerrar uma discussão, exponha seus pensamentos, seja sincero, mas dose suas palavras e em hipótese alguma minta para sua esposa.

6.) Você foi escolhido por Deus para ser o cabeça do seu lar, por mais que você possa até não acreditar, a mulher não deseja tomar o seu lugar na liderança da família, mas muitas vezes, ela acaba exercendo este papel porque não confia em você como líder. Não estou afirmando que esta atitude seja correta, mas saiba que sua esposa não se importa que você seja o líder. Apenas precisa que você dê razões para que ela confie em sua liderança. Saber para onde vocês estão indo ajuda muito.

7.) Sua esposa precisa sentir-se protegida por você, se você não sabe como fazer isso, busque a orientação de Deus e peça que sejam manifestos em você os frutos do Espírito Santo de Deus, tenha o domínio próprio, seja trabalhador e um homem de caráter.

8.) Surpreenda sua esposa de vez em quando, mas com coisas boas tá? As boas surpresas fazem qualquer esposa se sentir especial.

9.) Se interesse sinceramente pelo que a sua esposa pensa, demonstre isso e diga a ela também o que pensa. Sua esposa não lê os seus pensamentos, embora às vezes possa parecer, então expresse sua opinião e seus desejos, compartilhe com ela.

10.) Quando sua esposa pedir “com jeitinho” para que você faça ou resolva algo, faça. Não espere ela se irritar com a situação e brigar com você para que você atenda a sua solicitação, assim ela vai entender que só consegue as coisas com você se gritar, e você detesta isso não é mesmo? Então que tal evitar?

11.) Não tente abraçar e beijar sua esposa quando ela estiver com raiva de você, este é o pior momento para isso, muito menos deixe-a falando sozinha “para ela se acalmar”, respire fundo, peça desculpas e parta para uma conversa calma e franca ou se não for possível naquele momento, combinem de conversar quando os ânimos se acalmarem, mas não adie o problema.

12.) Toda mulher tem seu  momento de “loucura”, quando desembesta a falar sem parar e precisa desabafar e expor tudo que está sentindo como uma avalanche. Quando este momento de stress acontecer e sua esposa estiver agindo e falando como uma doida, simplesmente pegue na mão dela, abrace-a, acalme-a e diga: “Vai dar tudo certo.” Depois aproveita e leva o lixo para fora.

Siga as dicas para o marido cristão e seja a mudança que deseja ver em sua esposa.

Escolha ser feliz!

Se você deseja receber novidades do site sobre o marido cristão e sobre o papel do marido cristão e/ou da esposa cristã é fácil e rápido, basta preencher o campo abaixo com seu email:

Delivered by FeedBurner

Sobre a autora:

Paula Caruza é diaconisa, graduada em Propaganda e Marketing e profissional de Marketing Digital. É idealizadora do site o Relacionamento Cristão que tem o intuito de compartilhar a bíblia, testemunhos de cristãos de diversos ministérios e de falar sobre a caminhada e o relacionamento do cristão.

2 comentários

  1. izaelfreitasmota

    Essas dicas sao muito inportante e ajudan muito um casal

  2. Flávio

    Excelentes dicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>